Dicionário Feminista #49 – Expressōes machistas

Da Magia À Sedução
Quarta Parede #137 – Da Magia À Sedução
15 de outubro de 2020
Circe
Quarta Parede #138 – Circe
22 de outubro de 2020

Dicionário Feminista #49 – Expressōes machistas

Ilustração com um homem e uma mulher conversando. Ao lado esquerdo está escrito o nome desse episódio, expressões machistas

Nesse programa nós vamos falar de um termo que merece ser bem explicado pra que todos parem de passar vergonha. Hoje vamos falar de EXPRESSÕES MACHISTAS.

A linguagem é uma das principais formas de nos expressarmos. E através dela que nos comunicamos com o mundo, expondo nossos desejos, nossas personalidade e nossos valores. Por conta disso, é inevitável que pensamentos de uma dada época marquem o nosso vocabulário e isso pode acontecer tanto com relação a ideias inovadoras quando a conceitos que hoje reconhecemos como antiquados e desrespeitosos.

As primeiras formações sociais e políticas do que conhecemos como sistema atual eram regidas e funcionavam ao redor do patriarca, ou seja, o patriarcado. Este conceito marcou nossa cultura de forma tão significativa que alguns termos que são usados até hoje tiveram origem em uma época que a repressão feminina era considerada normal, se nao necessaria.

Por conta disso, desde 2018 linguistas de diversos países se debruçam nos estudos da origem de algumas palavras e expressões. Nessas buscas eles se deparam com casos que são extremamente destoantes dos valores da sociedade atual.

Por exemplo, a expressão “estar de chico” remete a uma época em que se acreditava que as mulheres estariam impuras durante o período menstrual. Portanto, a palavra “chico” se refere ao chiqueiro, lugar onde se criam os porcos, os quais são considerados sujos.

Os mesmos linguistas observaram a recorrência de expressões de origem opressora também na indústria da moda. O vestido tomara que caia que se popularizou em 1946, possui em seu nome um verbo no imperativo, que remete a exposição do corpo da mulher que, como já sabemos bem, nao so foi e ainda é objetificado como também considerado propriedade pública.

Vem ouvir uma conversa gostosa sobre expressōes machistas que ouvimos todos os dias.


* Notas de rodapé desse episódio:

* Fontes usadas nesse episódio:

Siga o Dicionário Feminista em todas as redes sociais!