Fala Matinta! https://opodcastedelas.com.br Fala, Matinta! é o Podcast com o intuito de combater o discurso de ódio às mulheres amazônicas amplificando as vozes de suas narrativas. Mon, 09 Dec 2019 21:12:02 +0000 pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=5.2.4 Fala, Matinta! é o Podcast com o intuito de combater o discurso de ódio às mulheres amazônicas amplificando as vozes de suas narrativas. Neste sentido, abordaremos diversos temas pertinentes a este contexto e como esses temas refletem no mundo online. Fala Matinta! clean Fala Matinta! opodcastedelas@gmail.com opodcastedelas@gmail.com (Fala Matinta!) All rights reserved Fala Matinta! Fala Matinta! http://i1.sndcdn.com/avatars-000314104327-4pt3ct-original.jpg https://opodcastedelas.com.br Mensal Fala, Matinta! #03 – Militância e Saúde Mental https://opodcastedelas.com.br/2019/11/fala-matinta-03-militancia-e-saude-mental/ Tue, 26 Nov 2019 21:58:51 +0000 https://opodcastedelas.com.br/?p=5428 https://opodcastedelas.com.br/2019/11/fala-matinta-03-militancia-e-saude-mental/#respond https://opodcastedelas.com.br/2019/11/fala-matinta-03-militancia-e-saude-mental/feed/ 0 <p>No episódio de hoje vamos discutir como a militância feminista pode afetar a saúde mental das mulheres. Segundo o texto “é tudo coisa da sua cabeça”<span class="excerpt-hellip"> […]</span></p> <p>O post <a rel="nofollow" href="https://opodcastedelas.com.br/2019/11/fala-matinta-03-militancia-e-saude-mental/">Fala, Matinta! #03 – Militância e Saúde Mental</a> apareceu primeiro em <a rel="nofollow" href="https://opodcastedelas.com.br">#OPodcastÉDelas</a>.</p> No episódio de hoje vamos discutir como a militância feminista pode afetar a saúde mental das mulheres. Segundo o texto “é tudo coisa da sua cabeça” os perigos de desacreditar a dor feminina, publicado pela revista QG feminista, a dor física das mulheres é ignorada até mesmo pela medicina. Um levantamento feito pela OMS em 2018 constatou que o Brasil é um dos países mais ansiosos do mundo, com 9,3% da população ansiosa. O sexo feminino é o mais afetado, com 7,7% ansiosas e 5,1% deprimidas. Nos homens a porcentagem é de 3,6% em ambos os casos. Segundo o artigo “auto cuidado e saúde mental das mulheres” do site Brasil de Fato, “nessa perspectiva, ações que evitem intervenções desnecessárias, como o excesso de medicamentos ou cirurgias, devem ser intensificadas nos serviços de saúde. As práticas coletivas, como rodas de conversa, podem proporcionar o compartilhamento de alegrias e angústias”.

Diante disso, qual seria exatamente o papel da militância feminista na saúde mental das mulheres? O tema do podcast de hoje é militância feminista e saúde mental e para abordá-lo, convidamos para conversar com a gente a professora de filosofia, mãe, empreendedora e feminista negra Lívia Noronha; a psicóloga, feminista radical lésbica e vegana Paula Hinvaitt e a secretária executiva, massoterapeuta e membra da Coletiva Feminista Radical Matinta Giovanna de Lucca.

Dados Técnicos

Arte Vitrine: Raíssa Ferreira

Mediadora: Clarissa Rayol, Tamyris Monteiro

Roteiro: Clarissa Rayol, Giovanna de Lucca e Tamyris Monteiro

Edição: Domenica Mendes

Música cedida para o episódio: “Matinta”, de Alfredo


Fale com as Matintas

E-mail: coletivamatinta@gmail.com

Facebook | Instagram| Twitter | Blog


AGORA É A SUA VEZ!

Compartilhe e comente este episódio! É uma forma de valorizar e incentivar o trabalho dessas mulheres nos podcasts! É sempre melhor quando #OPodcastÉDelas! ❤


MANA, MINA, MONA, MULHER! VEM PRO PODCAST #OPODCASTÉDELAS!

Você se identifica como mulher e quer participar do podcast #OPodcastÉDedelas? Todo mês selecionamos episódios para publicarmos gratuitamente em nosso site. Também é possível ter o seu próprio programa divulgado e hospedado em nosso site sem custo nenhum. Quer fazer um episódio com outras mulheres? Venha pro nosso grupo no Facebook e participe dos próximos episódios. Estamos esperando por você!


#OPODCASTÉDELAS: um espaço destinado para as mulheres criarem um conteúdo diferenciado. Se você quer fazer o seu programa, entre em contato conosco. Acesse nosso site, siga-nos no TwitterFacebook e Instagram. Nosso e-mail é contato@opodcastedelas.com.br


Esse episódio faz parte da iniciativa #OPodcastÉDelas, todos os direitos são reservados. O conteúdo pode ser compartilhado e utilizado, desde que informada a origem. O conteúdo em áudio é de responsabilidade de suas autoras. Os organizadores da iniciativa se reservam do direito de excluir comentários ou conteúdos ofensivos, violentos, machistas, racistas, homofóbicos ou correlacionados.

O post Fala, Matinta! #03 – Militância e Saúde Mental apareceu primeiro em #OPodcastÉDelas.

]]>
No episódio de hoje vamos discutir como a militância feminista pode afetar a saúde mental das mulheres. Segundo o texto “é tudo coisa da sua cabeça” […] No episódio de hoje vamos discutir como a militância feminista pode afetar a saúde mental das mulheres. Segundo o texto “é tudo coisa da sua cabeça” […] Fala Matinta! clean 39:44
Fala, Matinta! #02 – As diferentes experiências de maternidade https://opodcastedelas.com.br/2019/07/fala-matinta-02-as-diferentes-experiencias-de-maternidade/ Tue, 02 Jul 2019 21:34:40 +0000 https://opodcastedelas.com.br/?p=4820 https://opodcastedelas.com.br/2019/07/fala-matinta-02-as-diferentes-experiencias-de-maternidade/#respond https://opodcastedelas.com.br/2019/07/fala-matinta-02-as-diferentes-experiencias-de-maternidade/feed/ 0 <p>Segundo o Conselho Nacional de Justiça, 5,5 milhões de crianças brasileiras não têm o nome do pai na certidão de nascimento. Esse dado evidencia um fato<span class="excerpt-hellip"> […]</span></p> <p>O post <a rel="nofollow" href="https://opodcastedelas.com.br/2019/07/fala-matinta-02-as-diferentes-experiencias-de-maternidade/">Fala, Matinta! #02 – As diferentes experiências de maternidade</a> apareceu primeiro em <a rel="nofollow" href="https://opodcastedelas.com.br">#OPodcastÉDelas</a>.</p> Segundo o Conselho Nacional de Justiça, 5,5 milhões de crianças brasileiras não têm o nome do pai na certidão de nascimento. Esse dado evidencia um fato que é de conhecimento geral: o trabalho e a responsabilidade de criar crianças na sociedade brasileira recai majoritariamente sobre as mulheres, sobrecarregando especialmente as mulheres negras e pobres. A partir desse cenário de abandono paterno num país onde o aborto não é legalizado, quais são as múltiplas experiências de maternidade vividas por mulheres de diferentes classes, raças e contextos sócio-econômicos?

É o que vamos debater neste segundo episódio do podcast Fala, Matinta: as diferentes experiências de maternidade. Compõem esta mesa a professora de história da educação básica, mãe de um menino e militante da Coletiva Feminista Radical Matinta Tamyris Monteiro; a antropóloga, moradora do interior do Pará, mãe de dois meninos e também membra da Coletiva Marina Ferreira e a assistente social Danielly Cristina, mãe de uma menina. No quadro “Conexão Matinta”, tivemos a participação da jornalista, mestranda em comunicação, mulher cega e mãe Pérola de Souza.

Dados Técnicos

Arte Vitrine: Raíssa Ferreira

Mediadora: Raíssa Ferreira

Roteiro: Tamyris Monteiro, Marina Ferreira e Pricilla Maria

Edição: Domenica Mendes

Música cedida para o episódio: “Matinta”, de Alfredo


Fale com as Matintas

E-mail: coletivamatinta@gmail.com

Facebook | Instagram| Twitter | Blog


AGORA É A SUA VEZ!

Compartilhe e comente este episódio! É uma forma de valorizar e incentivar o trabalho dessas mulheres nos podcasts! É sempre melhor quando #OPodcastÉDelas! ❤


MANA, MINA, MONA, MULHER! VEM PRO PODCAST #OPODCASTÉDELAS!

Você se identifica como mulher e quer participar do podcast #OPodcastÉDedelas? Todo mês selecionamos episódios para publicarmos gratuitamente em nosso site. Também é possível ter o seu próprio programa divulgado e hospedado em nosso site sem custo nenhum. Quer fazer um episódio com outras mulheres? Venha pro nosso grupo no Facebook e participe dos próximos episódios. Estamos esperando por você!


#OPODCASTÉDELAS: um espaço destinado para as mulheres criarem um conteúdo diferenciado. Se você quer fazer o seu programa, entre em contato conosco. Acesse nosso site, siga-nos no TwitterFacebook e Instagram. Nosso e-mail é contato@opodcastedelas.com.br


Esse episódio faz parte da iniciativa #OPodcastÉDelas, todos os direitos são reservados. O conteúdo pode ser compartilhado e utilizado, desde que informada a origem. O conteúdo em áudio é de responsabilidade de suas autoras. Os organizadores da iniciativa se reservam do direito de excluir comentários ou conteúdos ofensivos, violentos, machistas, racistas, homofóbicos ou correlacionados.

O post Fala, Matinta! #02 – As diferentes experiências de maternidade apareceu primeiro em #OPodcastÉDelas.

]]>
Segundo o Conselho Nacional de Justiça, 5,5 milhões de crianças brasileiras não têm o nome do pai na certidão de nascimento. Esse dado evidencia um fato […] Segundo o Conselho Nacional de Justiça, 5,5 milhões de crianças brasileiras não têm o nome do pai na certidão de nascimento. Esse dado evidencia um fato […] Fala Matinta! clean 48:42
Fala, Matinta! #01 – O impacto da política de armamento no feminicídio https://opodcastedelas.com.br/2019/05/fala-matinta-01-o-impacto-da-politica-de-armamento-no-feminicidio/ Fri, 17 May 2019 03:16:57 +0000 https://opodcastedelas.com.br/?p=4526 https://opodcastedelas.com.br/2019/05/fala-matinta-01-o-impacto-da-politica-de-armamento-no-feminicidio/#respond https://opodcastedelas.com.br/2019/05/fala-matinta-01-o-impacto-da-politica-de-armamento-no-feminicidio/feed/ 0 <p>De acordo com as Nações Unidas, o Brasil é o quinto país em mortes violentas de mulheres no mundo. Em 2016 mais de 4.600 mulheres foram<span class="excerpt-hellip"> […]</span></p> <p>O post <a rel="nofollow" href="https://opodcastedelas.com.br/2019/05/fala-matinta-01-o-impacto-da-politica-de-armamento-no-feminicidio/">Fala, Matinta! #01 – O impacto da política de armamento no feminicídio</a> apareceu primeiro em <a rel="nofollow" href="https://opodcastedelas.com.br">#OPodcastÉDelas</a>.</p> De acordo com as Nações Unidas, o Brasil é o quinto país em mortes violentas de mulheres no mundo. Em 2016 mais de 4.600 mulheres foram assassinadas. Segundo o Atlas da Violência de 2018, no mesmo ano, aproximadamente 2.400 mulheres morreram por armas de fogo: 560 dentro de casa, de acordo com dados do Instituto Sou da Paz. É importante ressaltar que existem histórias por trás de cada estatística. Nós enquanto coletiva ouvimos cotidianamente os relatos de mulheres: suas dores e lutas. Em contrapartida temos o Decreto n° 9.685 – de autoria do presidente Jair Bolsonaro – com o objetivo de facilitar a posse de arma de fogo no brasil e garantir ao proprietário o direito de manter até quatro armas em casa ou estabelecimento comercial. Qual a relação do novo decreto com o feminicídio?

É o que vamos tratar neste primeiro episódio do podcast Fala, Matinta: o impacto da política de armas no feminicídio. Compõem esta mesa a historiadora Tamyris Monteiro, a advogada Kevenny Cunha e a engenheira florestal Jéssica Reis, todas engajadas no movimento feminista. No quadro “Conexão Matinta”, tivemos a participação da pesquisadora de Direito das Mulheres Luanna Tomaz.

Dados Técnicos

Arte Vitrine: Raíssa Ferreira

Mediadoras: Clarissa Rayol, Giovanna de Lucca, Raíssa Ferreira e Pricilla Maria

Roteiro: Clarissa Rayol e Giovanna de Lucca

Edição: Pricilla Maria

Música cedida para o episódio: “Matinta”, de Alfredo


Fale com as Matintas

E-mail: coletivamatinta@gmail.com

Facebook | Instagram| Twitter | Blog


AGORA É A SUA VEZ!

Compartilhe e comente este episódio! É uma forma de valorizar e incentivar o trabalho dessas mulheres nos podcasts! É sempre melhor quando #OPodcastÉDelas! ❤


MANA, MINA, MONA, MULHER! VEM PRO PODCAST #OPODCASTÉDELAS!

Você se identifica como mulher e quer participar do podcast #OPodcastÉDedelas? Todo mês selecionamos episódios para publicarmos gratuitamente em nosso site. Também é possível ter o seu próprio programa divulgado e hospedado em nosso site sem custo nenhum. Quer fazer um episódio com outras mulheres? Venha pro nosso grupo no Facebook e participe dos próximos episódios. Estamos esperando por você!


#OPODCASTÉDELAS: um espaço destinado para as mulheres criarem um conteúdo diferenciado. Se você quer fazer o seu programa, entre em contato conosco. Acesse nosso site, siga-nos no TwitterFacebook e Instagram. Nosso e-mail é contato@opodcastedelas.com.br


Esse episódio faz parte da iniciativa #OPodcastÉDelas, todos os direitos são reservados. O conteúdo pode ser compartilhado e utilizado, desde que informada a origem. O conteúdo em áudio é de responsabilidade de suas autoras. Os organizadores da iniciativa se reservam do direito de excluir comentários ou conteúdos ofensivos, violentos, machistas, racistas, homofóbicos ou correlacionados.

O post Fala, Matinta! #01 – O impacto da política de armamento no feminicídio apareceu primeiro em #OPodcastÉDelas.

]]>
De acordo com as Nações Unidas, o Brasil é o quinto país em mortes violentas de mulheres no mundo. Em 2016 mais de 4.600 mulheres foram […] De acordo com as Nações Unidas, o Brasil é o quinto país em mortes violentas de mulheres no mundo. Em 2016 mais de 4.600 mulheres foram […] Fala Matinta! clean 45:42